"Estas nomeações só vêm provar que a arbitragem portuguesa tem qualidade e é reconhecida pelas mais altas instâncias do futebol mundial", disse hoje Gilberto Madaíl, em declarações ao sítio oficial da FPF na Internet.

O dirigente acrescentou estar "certo" de que os juízes lusos nomeados "irão acrescentar ainda maior prestígio à arbitragem portuguesa e ao próprio país".

"A arbitragem portuguesa, em geral, e os quatro árbitros, em particular, estão de parabéns. A sua presença no Mundial vai conferir uma outra dimensão à presença nacional na África do Sul, depois de a nossa selecção já ter garantido a presença no Campeonato do Mundo", sublinhou.

O árbitro de Leiria foi nomeado para o Mundial, que se realiza entre 11 de Junho e 11 de Julho, liderando um dos 10 trios da UEFA, a confederação mais representada, depois de Vítor Pereira ter sido o último juiz luso a fazê-lo, em 2002, na prova disputada na Coreia do Sul e no Japão.

Olegário Benquerença e os seus auxiliares faziam parte de uma pré-selecção de 54 trios que foram avaliados desde 2007 e dos quais o Comité de Árbitros da FIFA, reunido na sexta-feira em Zurique, escolheu os que vão estar na África do Sul.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.