“Diego não deve ficar apenas até à Copa América de 2011 (organizada pela Argentina), mas sim até 2015. Nós imitaremos a decisão tomada pela Federação Chilena que propôs a renovação de contrato com Marcelo Bielsa até essa data”, afirmou Humberto Grondona, em declarações citadas pelo jornal francês L’Equipe.

O dirigente federativo considera que os “projectos a longo termo são aqueles que dão resultados”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.