Com a designação de Olegário Benquerença, Portugal volta a estar representando num Mundial, depois de Vítor Pereira ter sido o último árbitro luso a fazê-lo, em 2002, na Coreia/Japão.

O árbitro de Leiria surge no Mundial, que se realiza entre 11 de Junho e 11 de Julho, acompanhado dos auxiliares Bertino Miranda e José Manuel Cardinal, com os quais compõe um dos 10 trios da UEFA, a confederação mais representada.
Olegário Benquerença e os seus auxiliares faziam parte de uma pré-selecção de 54 trios que foram avaliados desde 2007 e dos quais o Comité de Árbitros da FIFA, hoje reunido em Zurique, escolheu os que vão estar na África do Sul.

Ao abrigo do Programa de Auxílio à Arbitragem, uma equipa de especialistas internacionais em técnica de arbitragem, condição física e psicologia controlou e analisou toda a informação sobre os árbitros candidatos, com a ajuda dos responsáveis da arbitragem de cada confederação.

Além dos 10 da UEFA, vão estar presentes seis da CONMBOL (América do Sul), quatro da CONCACAF (América do Norte, Central e Caraíbas) e outros tantos da CAF (África) y AFC (Ásia), além de dois da OFC (Oceânia).

Até ao Mundial, os 90 designados, árbitros e auxiliares, representando 28 países, vão participar num seminário de treino no próximo mês. Em Maio, os árbitros receberão orientações específicas sobre a sua actuação no Mundial de 2010.

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Hermínio Loureiro, disse à Agência Lusa estar satisfeito com a nomeação de Olegário Benquerença. "Confirma o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido nos últimos anos. Estou, obviamente, satisfeito", afirmou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.