O seleccionador do Uruguai, Oscar Tabarez, expressou satisfação pelo triunfo e revelou que a sua equipa "pode bater não importa quem".

"Temos uma equipa muito solidária, um grupo de bons jogadores, muito motivados, mas precisamos de ter calma e serenidade para jogar bem nos momentos cruciais. Acredito que esta vitória nos vai dar mais tranquilidade", disse.

Forlan, o primeiro jogador a bisar num encontro do campeonato, frisou que o triunfo do Uruguai, que empatou 0-0 com a França, vice-campeã do Mundo, "é de todo o grupo" e salientou que os sul-americanos repetiram uma exibição "colectiva e sólida".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.