“Cesare Prandelli entrará em funções a 1 de Julho e, no dia seguinte, o Conselho Federal reúne-se para estabelecer estratégias e objectivos”, declarou Abete, numa conferência de imprensa na “Casa Azul”, sede da selecção italiana em Irene, África do Sul.

De acordo com o responsável da FIGC, Prandelli terá um “um contrato de quatro anos” com a federação.

A Federação Italiana de Futebol anunciou a 30 de Abril que Prandelli ocuparia o posto de seleccionador, sem avançar com pormenores sobre o contrato, esclarecendo apenas que entraria em funções após o Mundial2010, em substituição de Marcelo Lippi, técnico que levou a Itália à conquista do título em 2006, na Alemanha.

Prandelli, 52 anos, antigo médio da Juventus, treinou o Parma entre 2002 e 2004 antes de passar os últimos cinco anos na Fiorentina, equipa que conseguiu qualificar por duas vezes para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

A Itália ficou na quinta-feira afastada da defesa do título, ao classificar-se em último lugar do grupo F, no qual se qualificaram para os oitavos de final Paraguai e Eslováquia.

Nos três jogos do grupo, a Itália empatou dois (Paraguai e Nova Zelândia) e perdeu um (Eslováquia]).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.