A Selecção Nacional começou o encontro da mesma forma que o fez com Cabo Verde. Muito ofensiva e com excelentes oportunidades de golo mas o mesmo nervosismo à frente da baliza do adversário impediu, por vezes, que a bola tocasse mais vezes nas redes.

Aos 16 minutos de jogo, Cristiano Ronaldo roubou a bola a um adversário dos Camarões no meio-campo e correu até à área dos Camarões. Frente-a-frente com o guardião, o capitão português rematou cruzado mas Kameni parou. Minutos antes o mesmo Ronaldo falhou um lance parecido.

Raul Meireles e Pedro Mendes jogaram muito perto um do outro no meio-campo e isso permitiu a Deco maior liberdade nos cruzamentos para o ataque, mas o luso-brasileiro parece não estar nas suas melhores condições físicas.

Uma primeira parte onde a velocidade imperou no Complexo Desportivo da Covilhã, onde 12 mil pessoas (estádio lotado) puxam pela equipa das quinas.

Aos 24 minutos, Raul Meireles voltou a falhar quando, em frente à baliza de Kameni, rematou por cima depois de um bom cruzamento de Duda da direita.

Mas o médio do FC Porto não falhou 7 minutos depois. Depois de um excelente trabalho individual de Simão na direita, o jogador do Atlético de Madrid cruzou e Raul Meireles, de primeira, empurrou a bola para dentro da baliza.

O desmotivado e o jogador mais importante dos Camarões, Samuel Eto’o, foi expulso depois de ter entrado de forma feia e desnecessária sobre Duda e ainda ter protestado

Depois do golo de Portugal e expulsão de Eto’o, o domínio português foi mais visível.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.