O chefe de Estado português trocou hoje alguns comentários sobre o Campeonato do Mundo de Futebol com o seu homólogo norte-americano, Donald Trump, e deu-lhe cumprimentos da parte do Presidente da Rússia, Vladimir Putin.

No início de um encontro com o Presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, na Sala Oval da Casa Branca, em Washington, em declarações conjuntas à comunicação social, Marcelo Rebelo de Sousa disse-lhe: "Vai encontrar-se com o senhor Putin, bem, eu estive com ele na semana passada e ele pediu-me que lhe enviasse cumprimentos".

"Não se esqueça que Portugal tem o melhor jogador do mundo, que se chama Cristiano Ronaldo. Estou certo de que o seu filho sabe", prosseguiu o Presidente português.

Trump, que antes tinha elogiado o Campeonato do Mundo de Futebol que decorre na Rússia, considerando que "tem sido fantástico", respondeu-lhe que o seu filho "sabe tudo sobre isso".

"Por isso, se for à Rússia durante o campeonato, não se esqueça de que Portugal ainda lá está e quer ganhar", acrescentou Marcelo Rebelo de Sousa, repetindo que a equipa portuguesa tem "o melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo".

Donald Trump acabou a perguntar ao chefe de Estado português sobre se pensa que "Cristiano alguma vez irá concorrer à Presidência" de Portugal, como seu adversário.

Marcelo Rebelo de Sousa retorquiu que, nessa matéria, Portugal "é um pouco diferente" dos Estados Unidos da América.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.