A Venezuela, de José Peseiro, ganhou nova ‘vida’, ao bater em casa o Chile, por 2-1, numa partida referente à zona sul-americana de apuramento para o Mundial2022.

Os chilenos marcaram cedo, aos nove minutos, por intermédio de Luis Del Pino.

Os venezuelanos empolgaram-se com o primeiro golo na qualificação, ao quarto jogo, e após três derrotas, mas a moralização durou pouco, pois o Chile empatou aos 15 minutos, pelo ‘inevitável’ Arturo Vidal, com o quarto tento nas eliminatórias.

A igualdade foi-se ‘arrastando’, mas, quando parecia que já era inamovível, a grande ‘estrela’ dos locais, o avançado Salomón Rondon deu o triunfo ao ‘onze’ de Peseiro, aos 81 minutos.

Depois de disputados os dois primeiros encontros da quarta jornada, Brasil e Equador somam nove pontos, contra sete da Argentina, seis do Uruguai, cinco do Paraguai, quatro do Chile e da Colômbia, três da Venezuela, um do Peru e nenhum da Bolívia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.