Mario Balotelli está a relançar a carreira na Turquia, depois de uma experiência de pouco sucesso na Serie A. O avançado de 31 anos ainda está á procura da melhor forma, sempre com a seleção em mente. O regresso poderá acontecer em março de 2021, nos play-off de apuramento para o Mundial2022. Tudo dependerá de 'Super Mario' e, como é óbvio, de Roberto Mancini, selecionador dos transalpinos.

"Sinto-me bem depois de dois anos e meio. Estou preparado para regressar à seleção nacional italiana. Seria um sonho. Deixaria a Turquia a pé se soubesse que estava entre os convocados para os jogos em março", confessou Balotelli em declarações ao canal Twitch da 'OCW Sports'.

Foi Roberto Mancini quem lançou Balotelli no Inter Milão e, mais tarde, treinou-o no Manchester City. Os dois poderão voltar a cruzar-se brevemente, espera Balotelli.

"Tenho uma boa relação com Mancini, sempre tive. Ele só precisa de me dizer o que quer de mim para que eu possa regressar à seleção. Falei com ele há pouco tempo. Ainda não me chamou porque sabe que não estou ao meu nível. Tenho até março para atingi-lo. Não estou aqui para reclamar por ainda não ter sido convocado. Estou longe da minha melhor forma, só tenho de continuar a trabalhar", comentou.

Balotelli leva cinco golos marcados em 13 jogos  pelo Adana Dermispor, da Turquia.

Itália e Portugal são cabeças de série no sorteio para o play-off europeu de acesso ao Mundial2022, que vai decorrer em março de 2022.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.