A seleção portuguesa de futebol sofreu hoje, ao oitavo jogo, a primeira derrota com a Sérvia, ao cair na Luz por 2-1, resultado que lhe custou o apuramento direto para a fase final do Mundial de 2022.

No Estádio da Luz, em Lisboa, que já tinha sido palco de seis apuramentos lusos para grandes competições, Portugal precisou de pouco mais de um minuto para se adiantar, por Renato Sanches, mas nem assim conseguiu evitar a derrota.

A apenas um empate do Mundial2022, Portugal passou o jogo a defender, à espera que os sérvios não marcassem ou de um contra-ataque que lhe valesse o segundo golo, e deu-se muito mal, com Dusan Tadic a empatar, aos 33 minutos, e Aleksandar Mitrovic a selar a reviravolta, aos 90.

Desta forma, a formação das ‘quinas’ sofreu o primeiro desaire de sempre com os sérvios - que a atira para os ‘play-offs’ -, depois de três vitórias e quatro empates (13-9 em golos), na corrida aos Europeus de 2008, 2016 e 2020 e o último já na corrida ao Qatar2022.

O derradeiro embate tinha acontecido em 27 de março, em Belgrado, onde Portugal só não venceu porque, sobre o final do período de descontos, nenhum dos elementos da equipa de arbitragem – num jogo sem VAR – viu que a bola rematada por Cristiano Ronaldo ultrapassou por completo a linha.

No jogo 1.000 da carreira do selecionador luso, Fernando Santos, a formação das ‘quinas’ somou, assim, um empate amargo, até porque chegou ao intervalo a vencer por 2-0, graças a um ‘bis’ do avançado Diogo Jota, que faturou aos 11 e 36 minutos.

Os sérvios lograram, porém, restabelecer a igualdade na segunda parte, com tentos de Aleksandar Mitrovic, aos 46 minutos, e Filip Kostic, aos 60.

Este foi o quarto jogo luso na Sérvia, depois de um outro empate a abrir (1-1 na corrida ao Euro2008) e de duas vitórias consecutivas: 2-1 no apuramento para o Euro2016 e 4-2 na fase de qualificação para o Euro2020.

No que respeita aos jogos caseiros, o primeiro realizou-se em 12 de setembro de 2007, em Alvalade, onde Portugal se adiantou logo aos 11 minutos, por Simão Sabrosa, mas permitiu a igualdade sobre o final, aos 87, quando Branislav Ivanovic faturou.

A única vitória em casa sobre a Sérvia aconteceu ao segundo jogo, em 29 de março de 2015, agora na Luz, onde, a exemplo do que sucedeu no primeiro embate, Portugal marcou cedo, aos 10 minutos, por intermédio de Ricardo Carvalho.

Os forasteiros ainda restabeleceram a igualdade, aos 61 minutos, pelo ex-benfiquista Nemanja Matic, mas a mesma só durou dois minutos, já que, aos 63, Fábio Coentrão, outro ex-jogador dos ‘encarnados’, apontou o 2-1 final.

A anterior partida em solo luso, igualmente na Luz, em 25 de março de 2019, teve também, para não variar, um golo muito cedo, mas desta vez favorável à Sérvia, que se adiantou aos sete minutos, por Dusan Tadic, de grande penalidade.

A formação portuguesa perdeu, depois, Cristiano Ronaldo, que saiu lesionado, aos 30 minutos, mas ainda conseguiu restabelecer a igualdade na primeira parte, com um ‘golaço’ de Danilo Pereira, aos 42 minutos, que selou o 1-1 final.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.