Os Camarões somaram uma surpreendente vitória sobre o Brasil no fecho da fase de grupos do Mundial 2022, mas disseram adeus à prova. O Brasil, por seu lado, segurou 'in extremis' o primeiro lugar no Grupo G e vai medir forças com a Coreia do Sul de Paulo Bento nos oitavos-de-final, segunda-feira.

O Brasil entrou melhor no primeiro tempo, mas a seleção de Camarões, que com a conjugação certa de resultados ainda se podia apurar, também teve as suas oportunidades nos primeiros 45 minutos.

Tudo sobre o Mundial2022: jogos, notícias, reportagens, curiosidades, fotos e vídeos

Martinelli cabeceou e quase abriu, aos 14 minutos, o marcador para o Brasil, mas Epassy, guarda-redes camaronês, respondeu com uma grande defesa. Sò que, apesar de dominar a posse de bola e passar mais tempo no meio-campo contrário, a 'canarinha' não voltou a criar real perigo na etapa inicial.

E até podia ter saído para o intervalo em desvantagem. Já no período de descontos, Mbeumo cabeceou como mandam as regras após cruzamento da esquerda e só uma excelente defesa de Ederson, desta feita titular na baliza do Brasil, segurou o nulo.

No segundo tempo, o Brasil dispôs de várias ocasiões de golo, mas foi Aboubakar a marcar de cabeça, à entrada do período de descontos. Um golo que valeu a expulsão ao antigo avançado do FC Porto (já aamrelado, despiu a camisola nos festejos) e que não chegou à seleção africana para se apurar, face ao triunfo da Suíça sobre a Sérvia no outro jogo da 3.ª jornada do grupo.

Veja o golo

O SAPO está a acompanhar o Mundial mas não esquece as vidas perdidas no Qatar. Apoiamos a campanha da Amnistia Internacional e do MEO pelos direitos humanos. Junte-se também a esta causa. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.