Capello, após conhecer a decisão dos responsáveis da FA, afirmou estar “mais decidido do que nunca a levar a Inglaterra a alcançar o êxito”.

“(O presidente da FA) Dave Richards comunicou-me que todos os membros da federação querem que eu fique”, afirmou Capello, acrescentando ser importante utilizar a “decepção” actual como “factor de motivação para o futuro”.

Após uma comissão de quatro elementos da FA ter recomendado a manutenção do técnico, a direcção do organismo rectificou a decisão e Capello vai assim cumprir pelo menos os dois anos que lhe restam de contrato, no valor de seis milhões de libras (cerca de 7,3 milhões de euros).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.