Edison Cavani fez uma análise do momento da seleção do Uruguai após o empate com a Coreia do Sul e a recente derrota com Portugal. O avançado uruguaio revelou alguma frustração pois acredita que a sua equipa tem capacidade para alcançar melhores resultados.

"Deixa sabor amargo por perder, sabemos que temos grande potencial para poder dar mais. E deixar pontos desta forma custa, é complicado perder pontos num Mundial. Temos de recuperar e sabemos que há coisas para corrigir e melhorar. Agora vamos preparar o próximo jogo como uma final, porque é a chance que temos", afirmou Cavani.

Tudo sobre o Mundial2022: jogos, notícias, reportagens, curiosidades, fotos e vídeos

Relativamente às razões que suportam a situação atual da equipa sul-americana, Cavani remeteu essa questão para o selecionador nacional, Diego Alonso, preferindo olhar para o jogo diante do Gana da próxima sexta-feira.

"O que está a falhar? Tem de perguntar isso a Alonso. Pergunta-lhe a ele, ele pode falar-te mais taticamente do que pode acontecer. São jogos de futebol e às vezes as coisas saem e às vezes não saem. Preparar o que aí vem. São muitas coisas que às vezes se passam dentro de um campo que te levam a não ganhar um jogo. Trataremos de fazer as coisas para melhorar", disse o avançado da 'azul celeste'.

Com apenas um ponto no Grupo H, o Uruguai terá de obrigatoriamente vencer o Gana na última jornada e esperar que Portugal dê uma ajuda no desafio diante da Coreia do Sul.

O SAPO está a acompanhar o Mundial mas não esquece as vidas perdidas no Qatar. Apoiamos a campanha da Amnistia Internacional e do MEO pelos direitos humanos. Junte-se também a esta causa. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.