“A Holanda é uma uma grande equipa, com jogadores de altíssima qualidade, especialmente no ataque. No entanto, também têm uma defesa sólida. Todos os jogadores têm bom toque de bola e isso tornará a partida mais difícil”, afirmou Diego Fórlan, em entrevista ao site da FIFA.

O avançado está, contudo, confiante de que se o Uruguai mantiver a mesma atitude que tem mostrado até aqui poderá ultrapassar a “Laranja mecânica”: “Respeitámos todos os nossos rivais e agora não será diferente, mas sabemos como jogar com selecções como a Holanda. Sejam 90 ou 120 minutos, é preciso estar pronto para assumir o desafio. E esta selecção está”.

Para este encontro, a selecção orientada por Oscar Tabárez contará com algumas baixas, casos de Suárez, Fucile, Nicolás Lodeiro. Diego Fórlan assume que “são baixas importantes”, mas afirma que “todo o grupo está pronto para jogar”.

O jogo Uruguai – Holanda, relativo às meias-finais do Campeonato do Mundo, está marcado para esta terça-feira, a partir das 19h30.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.