O presidente do Brasil, Lula da Silva, chegou hoje à África do Sul onde, até à final do Mundial 2010, vai levar a cabo uma série de encontros com vista ao lançamento e preparação do Mundial 2014.

Uma delegação da polícia brasileira tem acompanhado os trabalhos da congénere na África do Sul no que respeita à segurança uma vez que os problemas de crime nos dois países são semelhantes. O Mundial 2010 termina no dia 11 e, até ao momento, os relatos de crimes são poucos e sem gravidade, o que tem deixado a polícia sul-africana muito satisfeita com a operação montada para o Campeonato do Mundo de Futebol.

Na maioria, e apesar de ainda não estarem fechados os números oficiais, têm ocorrido crimes de oportunidade levados a cabo, essencialmente, por estrangeiros. De acordo com uma fonte oficial, há inclusive relatos de um inglês detido por furtar uma carteira.

O Brasil vai organizar a próxima edição do Mundial de Futebol e, até 2014, tem graves problemas relacionados com criminalidade para resolver. Por isso mesmo, Lula da Silva, que se empenhou pessoalmente na candidatura do Brasil á organização da competição, deslocou-se até à África do Sul para se inteirar dos pormenores relacionados com segurança e não só.

Nos próximos dias, e com a final à vista, o Brasil, mesmo sem hipóteses de conquistar novo título, vai estar em foco na África do Sul. Lula traz consigo sete ministros com o objectivo de aprofundar as relações económicas entre os dois países.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.