O avançado Karim Benzema deixou hoje a concentração da seleção francesa que vai defender o título de campeão do mundo no Mundial2022 que hoje arranca no Qatar, sem que seja substituído nos ‘bleus’, segundo o selecionador.

O jogador do Real Madrid, vencedor da edição de 2022 da Bola de Ouro, vai falhar o Campeonato do Mundo devido a uma lesão na coxa esquerda e, apesar de ter anunciado a sua saída para que pudesse ser substituído, Didier Deschamps optou por não o fazer.

Tudo sobre o Mundial2022: jogos, notícias, reportagens, curiosidades, fotos e vídeos

“Não”, respondeu, em declarações ao canal televisivo TF1, o selecionador francês, que poderia substituir o jogador até segunda-feira, sem justificar a opção.

Benzema, que já tinha estado ausente do Mundial2018, então devido a questões disciplinares com a Federação Francesa de Futebol (FFF), já rumou a Madrid, onde deve chegar durante o dia de hoje.

No dia em que regressou aos treinos coletivos, depois de apresentar queixas na perna esquerda, o avançado dos ‘merengues’, de 34 anos, sofreu uma rotura no quadríceps, impedindo-o de disputar o seu segundo Mundial, depois de ter estado no Brasil, em 2014.

Benzema é o primeiro Bola de Ouro a falhar o Mundial seguinte à sua coroação desde 1978, quando Allan Simonsen, premiado em 1977, ficou fora da competição, porque a Dinamarca falhou a qualificação.

A França estreia-se na terça-feira frente à Austrália, no Grupo D, que disputa também com Tunísia e Dinamarca.

O SAPO está a acompanhar o Mundial mas não esquece as vidas perdidas no Qatar. Apoiamos a campanha da Amnistia Internacional e do MEO pelos direitos humanos. Junte-se também a esta causa. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.