Olegário Benquerença, que dirigiu três encontros no Mundial da África do Sul – nomeadamente Japão-Camarões, Nigéria-Coreia do Sul e Uruguai-Gana – está fora dos planos da FIFA para os últimos jogos.

O organismo decidiu manter para a final e para o encontro de atribuição do terceiro e quarto lugares um grupo de oito árbitros seguindo o princípio equitativo de equipas representativas dos vários continentes.

Yuichi Nishimura (Japão), Jerome Damon (África do Sul), Benito Armando Archundia Tellez (México), Marco Antonio Rodriguez Moreno (México), Pablo Antonio Pozo Quinteros (Chile), Oscar Ruiz Acosta (Colômbia), Frank de Bleeckere (Bélgica) e Howard Webb (Inglaterra) mantêm-se na África do Sul.

A revelação dos eleitos surgiu na sequência da nomeação do húngaro Viktor Kassai e do uzbeque Ravshan Irmatov para as meias-finais, respectivamente para o Alemanha-Espanha e para o Uruguai-Holanda.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.