O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou hoje que conta com o apoio dos cabo-verdianos e com a “confiança” de Fernando Santos para o jogo entre Portugal e Marrocos, dos quartos de final do Mundial2022 de futebol.

“Há essa coincidência feliz que é vibrar aqui, com os irmãos de cabo-verdianos. É um jogo difícil. Todos os jogos neste campeonato têm sido muito difíceis, para toda a gente. Têm sido vários gigantes a tombarem, dia após dia, e nós queremos que o nosso gigante Portugal não tombe amanhã [sábado] nos quartos de final”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações aos jornalistas à margem da visita que está a realizar à ilha cabo-verdiana de São Vicente.

O chefe de Estado vai assistir no sábado à partida do Mundial do Qatar num bar da cidade do Mindelo, ilha de São Vicente, onde esta noite esteve mais de uma hora à conversa com o homólogo cabo-verdiano, José Maria Neves.

“Acabei de convidar o Presidente de Cabo Verde a partilhar connosco esse momento (...) Ele está tão ou mais nervoso do que eu, mas curiosamente muito confiante”, disse Marcelo Rebelo de Sousa.

Acrescentou que já falou com o selecionador nacional, Fernando Santos, que “estava muito confiante” para a partida de sábado.

“No estilo dele, sabem como é. Fernando Santos não é um extrovertido, é um contido, um sofrido. No seu estilo sofrido estava determinado e confiante. E agora Fernando Santos, o Presidente de Cabo Verde e os cabo-verdianos a torcerem é o clima ideal para estes quartos de final”, disse ainda Marcelo Rebelo de Sousa

Portugal e Marrocos vão defrontar-se nos quartos de final do Mundial2022, no sábado, a partir das 18:00 locais (15:00 em Lisboa), no Estádio Al Thumama, em Doha, num encontro que será dirigido pelo árbitro argentino Facundo Tello.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.