“Nada está previsto [quanto a uma eventual alteração do staff]. Só será discutido quando eu regressar de férias. Mas estou muito satisfeito com o trabalho de toda a equipa, com o empenho demonstrado. Tendo em conta a estrutura amadora da Federação as coisas correram muito bem”. São estas as declarações que estão descritas na entrevista que o jornal semanal Sol fez na terça-feira e são publicadas na edição desta sexta-feira.

À Antena 1 e em comunicado no site oficial da FPF, o seleccionador nacional considerou a notícia do jornal uma “desonestidade, uma vigarice, execrável, de uma baixeza que não tem limites”

Em resposta, o Sol defendeu que as declarações prestadas pelo seleccionador foram transcritas com rigor.

Carlos Queiroz pondera, entretanto, mover todos os mecanismos legais à sua disposição de forma a repor a veracidade dos factos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.