Os futebolistas da Espanha estão prestes a iniciar o que o pai do defesa Capdevila, diz ser um dia “inacreditável”, viajando de autocarro até ao Palácio da Zarzuela, em Madrid, onde serão recebidos pelo rei Juan Carlos.

É o primeiro ponto alto de um dia de festa para os jogadores, restantes membros da delegação espanhola, familiares e amigos, que nas últimas horas têm estado em festa, primeiro no avião que os transportou da África do Sul, depois no aeroporto de Barajas e até há pouco tempo num hotel nos arredores do aeroporto.

Durante a viagem os jogadores celebraram com a taça, um bolo e 48 garrafas de cava, tendo sido depois recebidos em festa por centenas de funcionários aeroportuários, trajados com bandeiras e cachecóis da selecção espanhola.

Cá fora muitos adeptos, incluindo muitos jovens, saudaram com fortes aplausos e vivas a Espanha os jogadores e esperaram durante mais de duas horas até que os jogadores saíssem do hotel.

O autocarro com a selecção segue agora para o Palácio da Zarzuela, onde às 17:00 (menos uma hora em Lisboa) serão recebidos pelo rei Juan Carlos, ainda em convalescença e que, por isso, não esteve na final em Joanesburgo.

Às 18:00 locais serão recebidos pelo presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero e, às 19:00, iniciam um percurso pelas principais ruas de Madrid.

Confirmado está ainda um voo da patrulha acrobática da força aérea espanhola que às 21:00 sobrevoará a zona dos festejos deixando o vermelho e amarelo das cores das bandeiras espanholas.

Desde o fim do encontro de domingo, após o triunfo sobre a Holanda na final do Mundial2010 (1-0), que toda a imprensa espanhola dedica especial cobertura à vitória, com programas de debate na televisão e na rádio e as edições “on-line” dos jornais a acompanharem cada minuto da selecção.

Os quiosques têm estado, durante todo o dia, com vendas de jornais muito acima da média e em números ainda mais elevados do que depois da vitória de Espanha no europeu de 2008.

O desportivo Marca chegou mesmo a fazer uma edição do seu diário imprimindo hoje um milhão de exemplares, muito acima dos cerca de 400 mil que vende, em média, diariamente.

Todos os líderes políticos espanhóis se associaram já às celebrações, com alguns, como a ministra da Cultura, Gonzalez Sinde, a usarem as cores espanholas.

No youtube o vídeo do beijo em directo entre o capitão e guarda-redes espanhola, Iker Casillas, e a sua namorada, a jornalista Sara Carbonero, da Telecinco, continua a somar visionamentos, com mais de dois milhões de visitas.

O beijo está a correr mundo e é já considerado um símbolo da vitória espanhola, repetido à exaustação como o tem sido o golo da vitória de Iniesta.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.