O atacante foi expulso sexta-feira pelo árbitro português Olegário Benquerença, depois de ter evitado, com as mãos, na última jogada do prolongamento, o golo certo do Gana, que colocaria a equipa africana nas meias-finais do torneio.

Na transformação da grande penalidade, Asamoah Gyan enviou à barra e atirou o jogo para o desempate por grandes penalidades, no qual o Uruguai de superiorizou.

O cartão vermelho directo implica de imediato a suspensão de um jogo, podendo a FIFA, contudo, aumentar a pena, o que não aconteceu neste caso.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.