A reunião dos adeptos fez-se através de mensagens escritas e blogues na internet e a adessão, às 18:30, é de cerca de 300 pessoas. Os adeptos presentes à frente do edíficio da Liga de Clubes acreditam num complô por parte da entidade contra o FC Porto. Um dos motivos que levou à reunião foi os castigos impostos, na semana passada, a Hulk e Sapunaru, que estão proibidos de actuar nas competições nacionais por quatro e seis meses, repectivamente.

Um dos presentes era Rui Moreira, umas das figuras representativas do clube da Invicta: "Este campeonato é o campeonato das toupeiras, resolvido nos túneis. Querem estragar os relvados. A verdade desportiva está alterada. E os adeptos devem manifestar-se", disse Rui Moreira.

O presidente da Associação Comercial do Porto manifestou também a sua solidariedade para com os adeptos do Boavista, que marcavam presença ao lado dos adeptos do FC Porto: ""A Comissão Disciplinar da Liga tentou extinguir o Boavista. O Boavista é um clube da cidade. O responsável por coisas menos boas que aconteceram não é o clube. O processo foi uma condenação sumária à morte e como em Portugal não há pena de morte tenho de me insurgir com essa decisão", analisou.

Os adeptos acreditam, ainda, que os castigos impostos servem para beneficiar o SL Benfica na conquista do título.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.