Ciente da preponderância de Pablo Aimar na equipa de Jorge Jesus, o presidente encarnado não admite abdicar de nenhuma das unidades fundamentais até ao final da época.

De acordo com o jornal Record, Aimar é um sonho antigo do presidente do clube italiano, Claudio Lotito, que chegou a conversar com um dos empresários do médio. No entanto, o agente frisou que os 'laziale' acabaram por desistir do assédio ao jogador, frisando a uma rádio que os italianos nunca fizeram "aquilo que era necessário para o contratar".

O médio argentino está seguro por uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros e uma eventual saída da Luz nunca acontecerá antes do Mundial 2010, onde poderá ser uma das escolhas de Diego Maradona.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.