Em entrevista ao jornal O Jogo, Óscar Cardozo sublinha que os 12 golos já apontados esta temporada têm uma explicação simples: "A equipa está a jogar para mim. Temos treinado muito para marcar golos e isso beneficia-me."

O ponta-de-lança garante não estar diferente da última época, em que nem sempre foi opção para Quique Flores, e relativiza o seu protagonismo. "Estou a jogar bem, a marcar golos, mas só me realizo verdadeiramente se a equipa ganhar. Esse é sempre o meu grande objectivo", afirma 'Tacuara', sem deixar de confessar quer "seria muito lindo" somar o título de melhor marcador ao campeonato nacional.

Porém, o avançado destaca o papel de Jorge Jesus no comando da equipa. "Em todos os jogos entramos com o objectivo de ganhar os três pontos marcando muitos golos. Jorge Jesus mudou a mentalidade. Queremos sempre mais", vinca o jogador, de 26 anos, tecendo ainda elogios aos companheiros de ataque.

O desafio com o Nacional mereceu também a atenção de Cardozo, que apelou à concentração como a melhor arma para chegar ao triunfo: "Se entrarmos concentrados e mentalizados penso que ganharemos."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.