Paulo Barbosa criticou publicamente os dirigentes do Sporting pela forma como estão a conduzir a situação de Marco Caneira em Alvalade. O empresário do jogador considera que os dirigentes do Sporting estão a lidar com a situação de uma forma imatura e considera toda a situação de "uma coisa de garotos, é uma garotada".

Em declarações à Rádio Renascença, Paulo Barbosa considerou ser uma falta de respeito obrigar o defesa português a equipar-se todos os dias na cabine dos árbitros.

"Marco Caneira não está a radicalizar em nada, apenas diz que pretende cumprir o contrato de trabalho que assinou com o Sporting. Do ponto de vista ético, é lamentável, não é de pessoas de bem obrigar um jogador a treinar-se à parte e a equipar-se todos os dias na cabina dos árbitros".

O empresário vai mais longe nas críticas e coloca em causa a forma como o clube está a ser gerido. Paulo Barbosa considera que os dirigentes se estão a comportar como "garotos" e que a imagem do clube está a ser colocada em causa.

"Isso não fica bem a ninguém. Põe em causa a imagem do clube e honorabilidade das pessoas que estão à sua frente. É uma coisa de garotos, é uma garotada. Pessoas com formação não têm este tipo de comportamento", criticou, sem deixar de lamentar que não tenha surgido nenhuma iniciativa dos “leões” “no sentido de chegar a um acordo”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.