Após ter vencido o Manchester City por 2-0, num encontro particular nos EUA, a equipa do Sporting agradeceu aos milhares de adeptos presentes no estádio, com a excepção de Liedson.

O avançado luso-brasileiro não ficou com os restantes companheiros de equipa a agradecer ao público e foi repreendido pelo treinador do Sporting mesmo antes de irem para o balneário.

Liedson estava a fazer exercícios de aquecimento na companhia de Nuno André Coelho quando o árbitro apitou para o final da partida. O avançado e o defesa seguiram directamente para o balneário mas o técnico leonino advertiu-os para regressarem para cumprimentar os adeptos. O jovem defesa central acatou as ordens de Paulo Sérgio mas Liedson continuou para os balneários.

Paulo Sérgio criticou o comportamento de Liedson e lembrou que é o treinador quem decide quem joga.

"O Liedson, bem como qualquer outro jogador, joga o tempo que eu quiser, não o tempo que eles querem".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.