Rui Vitória, treinador do Spartak Moscovo, comentou a derrota frente ao Rubin Kazan por 1-0, em partida a contar para a primeira jornada da liga russa.

"Houve muitas batalhas físicas. Depois assumimos o jogo, ficámos mais fortes e podíamos ter marcado alguns golos, mas chegámos ao intervalo com o resultado a zero. No início da segunda parte, perdemos a concentração e concedemos um golo. Tivemos poucos erros, mas este foi fatal", analisou.

Sobre o desaire: "O resultado é sempre importante, mas não devemos tomar decisões apressadas. Temos de analisar tudo e continuar a trabalhar e a construir o nosso jogo. O campeonato começou hoje. Globalmente, mostrámos um futebol bastante bom."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.