Manchester City e Chelsea vão iniciar a temporada inglesa neste domingo, com a disputa da Community Shield, em Wembley, entre o campeão da Premier League e da Taça de Inglaterra

As duas equipas procuram o quinto troféu da competição. Desde 2010-2011, com o título do Manchester United, nenhuma equipa que venceu o encontro acabou campeão da Premier League no final da temporada.

Além disso, por conta da disputa do Mundial2018, algumas das estrelas das equipas ainda não voltaram aos treinos por conta. Apesar disso, o jogo ganha em atrativo devido à estreia oficial do italiano Maurizio Sarri no comando dos 'Blues', após deixar o Nápoles para substituir o compatriota Antonio Conte em Stamford Bridge.

Estreia de Sarri
Sarri aumenta a expectativa no Chelsea, quinto classificado do campeonato inglês no ano passado e que quer voltar à luta pelo título. Já o City de Pep Guardiola será questionado se conseguirá manter o domínio imposto na última temporada.

Outra dúvida sobre os 'citizens' é ver como Guardiola vai montar a equipa com o argelino Riyad Mahrez, principal contratação num ataque que já conta com muito talento. O técnico catalão já confirmou que o africano tem muitas oportunidades de começar de início, apesar de deixar o particular contra o Bayern de Munique com dores no tornozelo.

"Mahrez está bem. Tem um pouco de dor, mas treinou anteontem e acho que poderá jogar", disse Guardiola na véspera do duelo. Na temporada passada, o espanhol enfrentou Sarri quando este comandava o Nápoles.

Guardiola mostrou-se animado com o reencontro com o italiano. "Estou feliz por ele estar aqui na Premier League. Aprenderei muito a ver a sua equipa a cada fim de semana. Já vi três jogos e eles já jogam da forma que ele quer", destacou.

"O seu estilo de jogo é perfeito para o futebol inglês. Acho que será um grande jogo", acrescentou o catalão, que atirou ainda que não se verá o verdadeiro potencial das equipas pela falta dos jogadores que estiveram no Mundial.

Rumores sobre Courtois
Do lado do Chelsea, os campeões do mundo N'Golo Kante e Olivier Giroud, o trio belga Eden Hazard, Thibaut Courtois e Michy Batshuayi, além do inglês Gary Cahill, ainda estão de férias. O espanhol Cesc Fábregas tem dores no joelho e é dúvida.

Por isso, Sarri sugeriu que vai montar a equipa com vários jovens, inclusive Callum Hudson-Odoi, de 17 anos. "O jogo será muito difícil por uma razão: eles estão juntos há dois anos, nós começamos há duas semanas e meia", admitiu o treinador italiano, que nunca venceu um título como técnico.

"Quero ganhar porque é muito importante ter um troféu de imediato, mas neste momento da temporada é mais importante o rendimento" da equipa, explicou Sarri.

O jogo chega rodeado de rumores sobre o futuro de vários dos principais jogadores dos 'blues', como Courtois, Hazard e Willian. Sarri mostrou-se confiante na permanência do brasileiro, apesar de deixar no ar o caso dos dois belgas, sobretudo do guarda-redes, que deseja assinar pelo Real Madrid.

O City estreia-se contra o Arsenal na Premier League, dia 12 de agosto. Um dia depois, o Chelsea encara o Huddersfield fora de casa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.