Louis Saha, antigo colega de Cristiano Ronaldo no Manchester United nos tempos de Alex Ferguson, deixou algumas críticas ao goleador português, que acusa de estar "a pensar apenas em si".

CR7 perdeu as duas primeiras semanas de trabalho da equipa, alegando problemas pessoais, com a imprensa a garantir que o avançado está a forçar a sua saída do emblema de Old Trafford para rumar a um clube que vá disputar a Liga dos Campeões.

"Acho que do ponto de vista do Cristiano é irrealista pedir a um clube deste tamanho que se adapte a ele e aos seus sonhos. No ano passado, se tivesse acontecido magia e tudo tivesse corrido bem, se tivessem ganho a Liga dos Campeões, a Premier League, ele podia ficar dizendo que tinha participado em tudo isso", explicou o francês, em declarações à 'Sky Bet'.

"Não sou o Cristiano, mas como adepto do Manchester United sinto que ele não mostrou tudo e que está a pensar apenas em si. Não vou julgá-lo, porque trata-se de um jogador imenso e não estou na sua posição, mas gostaria que ficasse porque é um grande futebolista", acrescentou Saha.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.