Diogo Jota explica que teve uma "sensação fantástica" ao marcar o primeiro golo pelo Liverpool, que fixou o triunfo por 3-1 na receção ao Arsenal, esta segunda-feira, na terceira jornada da Premier League.

"É uma sensação fantástica, só queria que fosse com o estádio cheio, mas estou feliz por fixar a vitória para a equipa e conseguir o resultado. No futebol às vezes marcas, às vezes falhas e tens de acreditar que vais marcar. Felizmente, marquei", explicou o português à Sky Sports.

"Disse para continuar a pressionar como estávamos, para ser feliz com a bola e fazer o que costumo fazer: jogar bom futebol e pressionar sem bola. Vou fazer o meu trabalho a cada dia, trabalhar no duro e dar o melhor no dia do jogo. O primeiro [golo] é sempre o mais difícil, continuar é o mais importante. Tenho um, quero mais", acrescentou.

Diogo Jota entrou para o lugar de Sadio Mané aos 80 minutos e, aos 88, fixou o triunfo do campeão inglês em Anfield.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.