O francês Distin é o eleito do técnico David Moyes para suprir o lugar deixado vago por Lescott, entretanto transferido para o Manchester City por cerca de 25 milhões de euros. Os exames médicos devem ser realizados nas próximas horas e se Distin for aprovado, terá à sua espera um contrato de três anos.

O negócio, cujas verbas não foram ainda reveladas, deita assim por terra as hipóteses de Luisão deixar o Benfica. De facto, o jornal A Bola avançava hoje que os ingleses tinham oferecido 12 milhões pelo central brasileiro, uma proposta que foi liminarmente recusada pela SAD encarnada. Com Luisão difícil, o Everton acabou por virar-se para o jogador do Portsmouth, de 31 anos.

"Depois de Distin garantir que o seu destino preferido era o Everton, o presidente Bill Kenwright agiu rapidamente para fechar o negócio", explicou o administrador dos toffees, Robert Elstone.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.