O Manchester United aumentou a sua folha salarial em 25 por cento, com a chegada de Cristiano Ronaldo e restantes reforços de verão. O relatório e contas do primeiro trimestre da época (30 de junho a 30 de setembro) explica que houve um aumento significativo nos gastos com o pessoal, com as chegadas de Cristiano Ronaldo, Jadon Sancho e Raphaël Varane.

De acordo com o 'Daily Mirror', o United passou a pagar mais 1,5 milhões de euros por semana, seis milhões por mês. Cristiano Ronaldo é o principal responsável, com os 655 mil euros que recebe por semana, qualquer coisa como 2,6 milhões de euros por mês. Este salário faz de CR7 o jogador mais bem pago da Premier League.

No último trimestre, o Manchester United gastou 105,4 milhões de euros em salários no plantel principal. Um aumento de 19,7 milhões de euros em relação ao mesmo período da época passada.

"Os resultados financeiros são demonstrativos da nossa resiliência durante o período da pandemia. O nosso objetivo prioritário é o sucesso dentro do campo. O treinador, os jogadores e os restantes funcionários do clube estão determinados em alcançar esse objetivo", justificou Ed Woodward, vice-presidente executivo do Manchester United.

O forte investimento feito para atacar a Premier League ainda não está refletido em campo: a equipa treinada por Ole Gunnar Solskjaer é apenas 6.º na prova.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.