Gary Cahill foi atendido num hospital no fim de semana e tratado para dissolver o coágulo mas precisa de tratamentos adicionais.

O "manager" do Bolton, Owen Coyle, diz que Cahill "queria jogar no sábado, mas tirámos a decisão das suas mãos porque o seu bem-estar é de importância primordial".

Coyle acrescentou que o Gary Cahill vai estar sem jogar por "alguns meses", provavelmente perdendo a oportunidade que tinha de fazer parte da equipa inglesa para o campeonato mundial de futebol.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.