Thierry Henry foi igual a si próprio naquele que terá sido o seu último jogo com a camisola do Arsenal no curto empréstimo dos New York Red Bulls.

O avançado francês que durante oito anos foi idolatrado pelos adeptos dos gunners saltou esta tarde do banco de suplentes para dar a vitória sobre o Sunderland, por 2-1, em jogo da 23ª ronda da Premier League.

Quando estavam decorridos cerca de 70 minutos de jogo, McClean deu vantagem ao Sunderland. Todavia, Ramsey respondeu cinco minutos depois com o empate, numa fase em que Henry já estava em campo. Porém, foi preciso esperar até aos 90 minutos, para o Arsenal respirar de alívio e igualar o Chelsea no quarto lugar.

Uma despedida semelhante à estreia nesta sua segunda passagem pelo Arsenal, onde também tinha dado a vitória à equipa de Arsène Wenger. No total foram seis jogos e três golos para o veterano avançado de 34 anos. Henry, Wenger e os adeptos do clube londrino gostavam de dar continuidade a esta história, mas o jogador deverá mesmo ter de regressar aos Estados Unidos nos próximos dias. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.