O Manchester United perdeu na segunda jornada da Premier League frente ao Brighton por 3-2 e José Mourinho ficou 'em maus lençóis'. Choveram críticas ao treinador português e ao seu método de trabalho. Lee Sharpe, antiga estrela do United, disse mesmo que esperava que Mourinho fosse despedido até ao Natal.

No entanto, esta terça-feira, a BBC avança que a direção do Manchester United não pretende dispensar o técnico português. Uma fonte próxima do emblema inglês disse à cadeia de televisão britânica: "Porque pensaríamos em Zinedine Zidane quando não há vaga para ele?".

Apesar do antigo treinador do Real Madrid ter sido apontado ao Manchester United, a direção do clube continua a apoiar a continuidade de José Mourinho.

O técnico português foi acusado de criticar os próprios jogadores ao dizer que estes cometeram "erros inacreditáveis em momento cruciais do jogo" com o Brighton. No entanto, José Mourinho acrescentou ainda que "seria algo fantástico para mim vir para a frente da câmara dizer que o jogador A, B ou C esteve fantástico. Seria fantástico para mim. Quando não o podes fazer, não me obriguem a ir para o outro lado, porque não quero ir para o outro lado."

Mas, apesar de todas as polémicas em torno do técnico português de 55 anos, Mourinho continua à frente da equipa do Manchester United, com o apoio do clube. Esta é a terceira temporada de José Mourinho ao serviço do Manchester United depois de ter passado por clubes como FC Porto, Inter, Chelsea e Real Madrid.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.