Com o título da Premier League mais longe depois do empate frente ao Burnley (2-2), José Mourinho queixou-se da responsabilidade que os clubes grandes têm para ganhar os títulos.

Com a possibilidade dos red devils poderem ficar a 15 pontos do City e quando questionado sobre o dinheiro gasto em contratações pelo emblema de Old Trafford no defeso, o técnico atirou que "não é suficiente".

Num claro piscar de olho à direção do United para reforçar o plantel, o técnico relembrou que o City compra defesas ao preço de avançados.

"Gastei 340 milhões de euros em jogadores? Não é suficiente, atirou. Prosseguindo, "O Tottenham não tem a mesma responsabilidade porque não tem a nossa história. O Arsenal não tem a responsabilidade de ganhar, assim como o Chelsea. O City compra defesas pelo preço de avançados, por isso quando vocês [jornalistas] falam sobre grandes clubes de futebol, falam sobre a história dos clubes", afirmou o técnico após o encontro.

O United empatou esta terça-feira frente ao Burnley e pode ficar a 15 pontos do City.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.