Esteve muito perto de assumir o comando técnico do Tottenham no verão. Agora Paulo Fonseca explica as razões para o acordo não ter sido consumado.

"As negociações estavam feitas, já estávamos a planear a pré-temporada, a falar de reforços (...) mas as coisas mudaram com a chegada do novo diretor geral [Fabio Paratici]. Discordámos em algumas questões e acabaram por preferir outro treinador", referiu em declarações ao Telegraph.

"Eu a minha forma de trabalhar, quero treinar grandes equipas mas com o projeto certo e com pessoas que acreditem no processo. Estava preparado para montar uma equipa de futebol atacante e com esse dirigente isso não poderia acontecer", acrescentou.

O técnico de 48 anos deixou a Roma no final da época passada e está neste momento sem clube.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.