Benfica enalteceu, esta terça-feira, o facto que não ter cortado salários, nem atrasado pagamentos.

Contudo, os 'encarnados' não deixaram de deixar o farpa ao FC Porto.

"No Benfica não houve cortes de salários, não houve atrasos nos pagamentos, nem houve o recurso ao lay-off como noutros clubes. E seria impensável o pagamento de prémios chorudos a elementos da administração enquanto se apresentam prejuízos históricos e uma gestão desastrada que levou a que esse clube esteja sobre intervenção da UEFA", pode ler-se na News Benfica.

A mesma publicação abordou ainda a conferência de imprensa de Luís Filipe Vieira após a AG da Liga, salientado que o líder das águias: "deixou bem claro que se houver um retrocesso ao nível da realização das competições e se, porventura, também o Benfica se vir na contingência de ter de aplicar alguma das medidas descritas acima, assumi-lo-á pronta e abertamente".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.