Um golo do defesa-central moçambicano Zainadine permitiu hoje ao Marítimo vencer o Sporting de Braga por 1-0, no jogo que encerrou a 14.ª jornada da I Liga de futebol, disputado no Funchal.

O golo de Zainadine surgiu nos primeiros minutos da segunda etapa, aos 55, um resultado que permite aos insulares encostarem aos 'arsenalistas' na quarta posição da tabela.

No final, o técnico do SC Braga, Abel Ferreira, não escondeu a sua frustração com o árbitro do encontro devido à forma ajuízou o último lance do jogo.

"Cada jogo é irrepetível, tirámos as ilações a quente, mas o que mais me desagradou foi não ter finalizado as nossas ocasiões e de no último lance do jogo, numa situação de um para um, o árbitro estar de costas para o lance...", começou por dizer Abel Ferreira.

"É difícil perder assim, porque controlamos o jogo, criámos três oportunidades claras de golo, duas na primeira parte, outra na segunda parte, duas pelo Dyego, uma pelo Esgaio. O Marítimo sempre a procurar o erro, mas nós, com calma a paciência, fomos conseguindo as nossas oportunidades; pena não termos marcado e fazer aquilo que fazemos em todos os jogos; golos", acrescentou o técnico do SC Braga.

"Vínhamos bem preparados para muita coisa mas não para sofrer 15 faltas em 30 minutos e não haver a amostragem de cartões amarelos. Mas a verdade é que também não finalizámos as nossas ocasiões. O nosso guarda-redes fez uma defesa em 90 minutos e o Marítimo sempre de olho no nosso erro e a aproveitar, e bem, as bolas paradas. Custa muito, mas o futebol é eficácia. Mas sei que vamos ganhar mais vezes porque o caminho é este", sentenciou Abel Ferreira..

Com a vitória, o Marítimo fechou a ronda no quinto posto com 27 pontos, mais quatro do que o Rio Ave, sexto, e a apenas um do Sporting de Braga, que segue no quarto posto com 28, a cinco do Benfica, terceiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.