O antigo internacional português passa, a partir de agora, a chamar-se Faisal e afirmou ainda que a descoberta da religião islâmica se deu durante o tempo em que representou os turcos do Galatasaray.

“Quando estive no Galatasaray (em 2003) descobri a religião de Mahomé e graças a ela ultrapassei vários momentos maus da minha vida”, disse o agora ex-jogador, que deixa o futebol após quase 20 anos de actividade.

Em declarações ao “O Jogo”, o jogador afirma que vai agora dedicar-se à solidariedade e ao cinema nos EUA, país onde jogou pela última vez, ao serviço dos LA Galaxy:

“Agora vou dedicar-me ao cinema nos EUA e trabalharei com várias ONG’s para ajudar em projectos humanitários a pessoas necessitadas em África.”

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.