Vincent Aboubakar concedeu esta segunda-feira uma entrevista à UEFA, na qual abordou, entre outros assuntos, o momento em que foi emprestado pelo FC Porto ao Besiktas, no verão de 2016.

"Não gostei de ter sido emprestado, até porque nunca me passou pela cabeça que o treinador na altura me quisesse emprestar. Foi um choque para mim e senti que não queria voltar se o treinador fosse o mesmo, mas a realidade é que o treinador foi embora e chegou uma nova equipa técnica. Sérgio Conceição ligou-me e convenceu-me a dar o meu melhor pelo FC Porto, por isso decidi regressar e ajudar o clube a ser campeão", disse o avançado camaronês.

Aboubakar explicou ainda o que o levou a assinar pelo FC Porto, clube onde chegou em 2014 e onde quer sagrar-se campeão.

"Foi por razões futebolísticas que decidi assinar pelo FC Porto em detrimento de outro qualquer, e tinha outras propostas em cima da mesa. Sabia que se jogava bom futebol em Portugal e isso motivou-se a vir para cá. Sente-se que é outro nível, até pela grande atmosfera e emoção geradas pelo jogo. O meu foco está em ganhar troféus coletivos e individuais. A nível coletivo, ainda não ganhámos nada, mas estamos no caminho certo para ganhar", referiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.