Muita vontade, poucas ideias. Assim é a exibição do Sporting em Coimbra, onde os leões tentam recuperar o atraso. Com apenas um ponto na Liga e sem nenhuma vitória em jogos oficiais, os adeptos leoninos anseiam por um triunfo.

Contudo, os estudantes não estão a facilitar a missão para Paulo Bento. O técnico reforçou a confiança nos jogadores que empataram em Florença, mas continuam a faltar golos.

Rogério Gonçalves disse que a vitória era o objectivo da Académica e os primeiros minutos pareciam confirmar essas palavras. Os estudantes entraram melhor, controlavam o meio-campo, mas escasseavam as ocasiões.

Com a passagem do tempo, o Sporting reequilibrou a partida, muito por culpa de Yannick. O avançado despertou a equipa aos 20 minutos com um excelente remate à trave e no minuto seguinte quase voltava a marcar, mas o guardião Ricardo desfeiteou os planos do número 20 leonino.

Uma exibição assente em lances individuais, à falta de brilho colectivo e onde sobressaem as 'ausências' de Matías e Liedson na partida. Faltam 45 minutos para os leões passarem no exame de Coimbra.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.