Após o desafio entre a Académica e o Sporting, que terminou com a goleada dos Leões por 4-0, em jogo da segunda jornada, o presidente da Académica José Eduardo Simões veio revelar aos jornalistas que a realização do jogo esteve em causa por causa da publicidade estática no Estádio Cidade de Coimbra.
José Eduardo Simões quería impedir a entrada da publidade estática no estádio mas a Liga de Clubes interveio.
«O que se passou foi extremamente grave, foi atitude de prepotência e verdadeira coação da Comissão Executiva da Liga sobre os clubes. A Académica disse de forma simples que só deixava entrar, em termos de publicidade, o que o regulamento permitisse e a comissão e o seu presidente (Mário Figueiredo) telefonaram aos delegados, mandando-os retirar do estádio com ordens para só voltarem se toda a publicidade entrasse. Exigi que a comunicação fosse feita por escrito e recusaram, o que é grave e atentatório da dignidade de uma instituição que é a liga dos clubes e não a liga das pessoas», explicou, no passado sábado, José Eduardo Simões após o encontro.
O líder dos Estudantes garantiu ainda que vai fazer «participação ao conselho de disciplina» e pedir «assembleia geral extraordinária» da Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.