A Académica venceu hoje o Rayo Vallecano, da I Liga espanhola de futebol, por 2-1, no jogo de apresentação aos sócios, disputado em Coimbra.

Os golos foram apontados todos na primeira parte, primeiro para a equipa espanhola, por Trashorras, aos 24 minutos, na transformação de uma grande penalidade a castigar o derrube de Tito.

A "Briosa" empatou quatro minutos depois, numa jogada em que o avançado Manoel surgiu isolado e, já dentro de área, lateralizou para Marinho encostar para golo.

Aos 33 minutos, a equipa de Sérgio Conceição passou para a frente do marcador, novamente com Manoel na jogada a assistir Buval, que, isolado, atirou por entre as pernas do guarda-redes espanhol do Rayo Vallecano, oitvo classificado na última época.

Com quatro reforços na formação que iniciou a partida (Marcelo, Aníbal Capela, Manoel, Buval), relativamente à época passada, os "estudantes" começaram por ter algumas dificuldades de penetração no meio-campo adversário, mas com o passar do tempo foram assentando o seu jogo.

A abrir a segunda parte, Sérgio Conceição procedeu a uma revolução na equipa, com seis substituições que até final da partida seriam 10.

Apesar das muitas alterações, a Académica conseguiu ser a equipa mais perigosa e, perto do final, poderia ter dilatado a vantagem por Ivanildo, que em duas ocasiões esteve muito perto do golo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.