A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) voltou a admitir à negociação as ações do FC Porto, depois de uma suspensão que durou pouco mais de uma hora.

Pouco antes da 10h00, a CMVM anunciou a suspensão das negociações da ações do clube, alegando estar a “aguardar informação sobre a sociedade emitente”, relacionada com a saída do treinador Julen Lopetegui, que estava a ser noticiada pela imprensa.

Entretanto, o FC Porto comunicou à CMVM a “decisão de substituir a equipa técnica liderada por Julen Lopetegui”, acrescentando que está a negociar os termos da rescisão com o técnico espanhol.

Após esta comunicação, a CMVM recolocou das ações à negociação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.