Declarações do treinador-adjunto do Vitória de Setúbal, Acácio Santos, à SportTV, após a goleada sofrida pela sua equipa no Dragão por 4-0.

Análise ao jogo: "Naturalmente, o FC Porto tinha obrigatoriedade e responsabilidade elevada para ganhar a partida, para entrar forte, para controlar a nossa estratégia. A estratégia também já vinha preparada nesse sentido, tentar condicionar, retirar algum protagonismo ao jogo do FC Porto. Conseguimos por momentos. Alguma precipitação também, o jogo foi totalmente diferente da primeira para a segunda parte. Mas sim, o FC Porto conseguiu marcar, também tivemos oportunidade flagrante pelo Hachadi na primeira parte. Acima de tudo, fica, e falando da questão da entrada inicial, fica a dedicação. Houve uma grande postura e dedicação dos jogadores do Vitória de Setúbal".

Individualidades fizeram a diferença: "Olhamos para o adversário e tem grandes jogadores, mas olhamos para nós, para o nosso poder, capacidade. Tivemos oportunidades, bola, jogar no Dragão e conseguir empurrar um pouco o FC Porto, não é fácil. Tivemos bons momentos, é verdade que o terceiro golo do FC Porto quebra o bom momento da nossa equipa, mas é importante referir: fazer o que tentámos no Dragão, não é fácil. É estratégia, mas também esforço e dedicação dos jogadores".

Saída do capitão Vasco Fernandes: "O Vasco [Fernandes] seguiu a sua vida, agora projetamos o presente e o futuro. Temos outros líderes, os líderes vão acabar por surgir e não se notou a falta desse controlo. O Vasco é uma ótima pessoa, foi importante, mas há vozes e soluções que vão ouvir-se".

O FC Porto alcançou, este sábado, o seu primeiro triunfo na I Liga portuguesa de futebol, ao derrotar em casa o Vitória de Setúbal, por 4-0, com três golos de Zé Luís, em jogo da segunda jornada.

O avançado cabo-verdiano fez o primeiro 'hat-trick' do campeonato, aos 11, 20 e 63 minutos, antes de o colombiano Luis Díaz completar a goleada do vice-campeão nacional, aos 64, após o desaire na estreia, na visita o Gil Vicente (2-1), e a derrota com os russos do Krasnodar (3-2) que deixou o FC Porto fora da Liga dos Campeões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.