O agente de Jesus Corona revelou, em entrevista ao jornal 'ABC de Sevilla, que o clube de Lopetegui tentou contratar o mexicano, mas a cláusula revelou-se um obstáculo intransponível.

"No ano passado estivemos a falar para que Corona fosse para o Sevilha. Tentaram. O problema é que a cláusula era muito alta e foi impossível. Mas sim, falámos. Existiram conversações. O FC Porto não quis e disse que não", explicou.

Contudo, o obstáculo diminuiu de tamanho. Isto porque se cordo com Matiás Bunge, a  cláusula que na altura se situava nos 50 milhões de euros já baixou para os 30 milhões.

Sobre facilidades por parte dos 'azuis-e-brancos' para vender Tecatito, Bunge não sabe se existirão, mas que a importância do jogador é inegável.

"Não posso responder a essa pergunta. É evidente que Corona já um dos jogadores mais determinantes do FC Porto"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.