O Benfica venceu este sábado o Feirense por 1-0, em jogo a contar para a 24ª jornada do campeonato nacional, e regressou à liderança da prova com mais um ponto do que o FC Porto. Um golo de Pizzi no final da primeira parte garantiu o triunfo tangencial aos 'encarnados' que agora viajam para Dortmund com a liderança do campeonato nacional no 'bolso'.

Com a goleada do FC Porto sobre o Nacional da Madeira por 7-0 no Dragão, a equipa do Benfica entrou em campo frente ao Feirense no segundo lugar. Para recuperar a liderança do campeonato nacional, Rui Vitória deixou Rafa Silva no banco de suplentes e apostou em Zivkovic no apoio a Mitroglou com Carrillo e Salvio no apoio ao ataque como extremos. Na defesa, o técnico do Benfica colocou André Almeida no lado direito para colmatar a ausência de Nélson Semedo enquanto que Samaris voltou a ser titular no meio-campo para substituir o sérvio Fejsa.

Já o Feirense começou o jogo com muita confiança e sem complexos por estar a jogar contra o atual campeão nacional. E foi mesmo a formação de Santa Maria da Feira que teve a primeira oportunidade de golo quando no primeiro minuto o avançado grego Karamanos surgiu isolado frente a Ederson e tentou colocar a bola por cima do guarda-redes brasileiro, mas o esférico saiu para fora.

Num jogo muito disputado a meio-campo, o Benfica procurou explorar a disposição do Feirense para o ataque e através de um rápido contra-ataque aos 18 minutos de jogo esteve perto de inaugurar o marcador. Zivkovic aproveitou um canto do Feirense para lançar o contra-ataque, mas Salvio não conseguiu gerir a vantagem numérica na área adversária a acabou por optar pelo lance individual quando tinha Mitroglou isolado.

Apesar do lance desperdiçado, o Benfica ganhou maior confiança e aos 24 minutos, Vavá negou um grande golo a Mitroglou. O avançado grego antecipou-se a Flávio e correspondeu da melhor forma a um cruzamento de Pizzi. No entanto, o guarda-redes brasileiro do Feirense negou o golo ao Benfica.

Com o aproximar do intervalo, o Feirense intensificou a sua pressão e criou muitas dificuldades ao Benfica na zona de construção dos 'encarnados'. Os lances de ataque dos jogadores 'encarnados' não saíam 'fluídos' e o Feirense ganhava confiança para disputar o golo. Aos 30 minutos, Luís Machado atira por cima da baliza de Ederson depois de um mau corte de Luisão. Quando parecia que o jogo iria para intervalo empatado a 0-0, Carrillo aproveitou um ressalto junto à área do Feirense para assistir Pizzi no coração da área adversário. O número 21 conseguiu arranjar espaço e frente a Vaná teve a 'frieza' para rematar com calma para o 1-0.

No segundo tempo, o Feirense voltou a entrar muito bem no jogo e logo aos 50 minutos Ederson foi obrigado a uma grande intervenção para negar o golo de Etebo que surgiu isolado na área do Benfica a passe de Karamanos. Aos 57 minutos, foi o Benfica a responder com perigo, mas Mitroglou não conseguiu a proveitar uma falha incrível de Vaná e acabou por falhar o golo quando tinha a baliza praticamente aberta.

O lance de perigo do Benfica 'acordou' novamente o Feirense, e dez minutos depois foi a vez de Ederson negar novamente o golo aos anfitriões. O guarda-redes brasileiro viu a bola ressaltar nos seus pés junto à linha de baliza depois de um pontapé de canto. O guardião brasileiro conseguiu reagir e impedir que Karamanos fizesse o empate.

Aos 72 minutos, o Benfica introduziu a bola na baliza de Vaná por intermédio de Salvio, mas o lance foi anulado por fora de jogo do extremo argentino depois de uma excelente jogada de Cervi e Pizzi.

Com o jogo a aproximar-se do apito final, os aspecto físico dos jogadores do Feirense começou a pesar na disputa de bola e o Benfica aproveitou para gerir a vantagem. Aos 87 minutos, Rui Vitória lançou Raul Jiménez para o lugar de Mitroglou. Apesar da desvantagem, o Feirense não desistiu de procurar o golo e aos 88 minutos viu Ederson negar o golo a remate de longe de Vítor Bruno e a segurar os três pontos.

Com este resultado, o Benfica regressou à liderança do campeonato somando 60 pontos, ultrapassando o FC Porto que ocupa agora a segunda posição com 59 pontos.

Acompanhe o jogo ao minuto

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.