Álvaro Braga Júnior, presidente da SAD do Boavista, mostrou-se satisfeito pelo facto de as medidas do G15 terem sido aprovadas na Assembleia Geral da Liga de Clubes desta sexta-feira.

O dirigente respondeu ainda às críticas de Pinto da Costa, que afirmou que houve falta de diálogo na reunião.

"As nossas propostas eram a favor do futebol e não contra ninguém. Foi uma vitória do futebol, não uma derrota de ninguém. Foi uma vitória da democracia. Falta de diálogo? Não, não é essa a nossa intenção. Num mês apresentámos cinco propostas, fizemos quatro reuniões de trabalho. Não tenho dúvidas de que o diálogo vai surgir, até porque nós nunca o cortámos", disse Álvaro Braga Júnior aos jornalistas.

"Ninguém quer substituir a Liga. A Liga tem o seu papel, não houve nenhuma crítica à direção da Liga. Tudo o que se diga nesse aspeto é atirar areia para os olhos das pessoas. O que se discutiu foi as propostas que apresentámos, que eram a favor do futebol e não contra quem quer que fosse”, acrescentou.

Sobre as saídas prematuras de Pinto da Costa e Bruno de Carvalho: "Gostava de os ter até ao fim. Um pela sua experiência, outro pela vontade de trabalhar a favor do futebol."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.