1,2,3,4 e 5. Uma mão cheia de golos na Luz frente ao quinto classificado do campeonato, o V. Guimarães. Sem Aursnes e com o regresso de João Mário, o Benfica deparou-se com um Vitória compacto na defesa e estendido no terreno.

Veja o resumo da partida

Contudo, a dinâmica encarnada não deu quaisquer hipóteses ao conjunto orientado por Moreno. O domínio foi constante e o Vitória de Guimarães teve muita dificuldade em mostrar-se num estádio da Luz a rebentar pelas costuras e que parece contagiar a equipa em direção ao tão desejado título, e à medida que se aproxima o final do campeonato parece ser cada vez mais uma realidade.

Leia a Crónica da Partida

O 'prego a fundo' iniciou-se praticamente desde o primeiro minuto e uma vantagem robusta de 3-0 foi construída ainda na primeira parte. O futebol rendilhado e as tabelas dos jogadores das águias resultaram em jogadas vistosas. O primeiro do encontro surgiu, com Rafa a desviar para a emenda vitoriosa de Gonçalo Ramos.

O 2-0 chegou rapidamente. André Amaro derrubou Rafa e foi assinalada a grande penalidade. Na conversão João Mário dilatou a vantagem.

Com a vantagem no bolso, o Benfica não tirou o pé e voltou a estar próximo do 3-0, com Otamendi a atirar ao poste. Só que na retina ficou mesmo o lance do golo de João Mário, com a bola a passar por vários jogadores das águias, antes de Gonçalo Ramos assistir para o bis do médio.

No segundo tempo, o figurino manteve-se praticamente idêntico, apenas com o Vitória um pouco mais afoito e a querer esticar jogo. O quarto tento chegou, com a infelicidade de Dani Silva, que fez autogolo depois de uma tentativa de corte de André Siva. Os vitorianos ainda reduziram numa boa jogada concluída por André Silva. Mas António Silva acabaria por fechar as contas, num tento de cabeça.

O Benfica somou a 22.ª vitória em 25 jornadas e o título parece estar cada vez mais próximo.

Momento

Que melhor forma de dar início à goleada do que um golo madrugador. Gonçalo Ramos abriu as contas e a confiança da equipa naturalmente atingiu os píncaros. Os quase 60 mil espectadores na Luz também ajudaram à festa.

Melhores

João Mário

Mais dois para a conta pessoal de João Mário que saltou para a liderança na lista de marcadores, com 17 tentos. Voltou a evidenciar um excelente rendimento fruto da consistência que tem patenteado ao longo da temporada. Números inacreditáveis para o centrocampista.

Gonçalo Ramos

Abriu as contas para o Benfica ao minuto 13´, assistiu para o golo de João Mário e fez o passe no lance em que Rafa é derrubado e que resultou no penalti convertido pelo médio do Benfica.

Reações

Roger Schmidt fala em "primeira parte de topo", Florentino lembra que "é jogo a jogo"

Moreno considerou justa a vitória do Benfica; André Silva diz que a equipa vai dar resposta no próximo jogo

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.